2 de abr de 2009

Sexo e Emoção


O brilho em seus olhos, a textura da pele
ou do cabelo, o calor de seu sorriso, o timbre
da sua voz, a graça com que qualquer pessoa,
homem ou mulher,
se move ao amar,
tudo isso é sexual.

Sexo é a essência da força da vida.
E você é um instrumento dessa força.

Sexo é uma troca de energias,
uma troca de partes de nós mesmos,
imprimindo um pouco da gente no corpo e na alma
do outro ser humano,
mudando e sendo mudado
ao mesmo tempo.

Sexo, olhado assim, é a realização do Eu
pela perda do proprio Eu:
"Eu me torno você e você se torna eu"

Quando há essa mútua rendição, a essência dos
amantes entra nas células do corpo do outro, no
sistema nervoso e no cérebro.
E assim se processa um realce da individualidade,
devido ao próprio fato de compartilhar
a individualidade.

Para que uma célula encontre outra e entre dentro dela,
fertilizando-a perpetuando a vida,
a Natureza criou,
nos machos e fêmeas de todas as espécies,
um impulso irresistível à união.

Mas no caso do ser humano concedeu
algo além do meramente bilógico:
a "Emoção."
É ela que torna a sexualidade de uma parte
de trocas de cada um de nós.

Uma troca que dá ao mesmo tempo
força e meiguice.
que tranquiliza e assegura.

O sexo entre duas pessoas que se amam,
é algo que as aproxima de Deus.