1 de abr de 2009

Dia da Mentira




O dia da mentira,
surgiu na França, em 1564 quando o rei Carlos IX
mudou a data do Ano Novo para 1° de janeiro
que antes era comemorado entre 25 de março a 1° de abril.
Os franceses conservadores
não gostaram da alteração e continuaram
a comemorar o ano Novo na data antiga.
.
Como brincadeira algumas pessoas enviavam
convites para as festas para o dia 1° de abril,
passando assim a comemorar
o dia da mentira.

Pesquisas mostram que todos mentem
de uma forma ou de outra.
Aprendemos desde cedo as vantagens da mentira,
ela é um recurso que se aprende em casa.

Quem nunca disse que estava ocupado
para não atender uma ligação?

Esta atitude pode significar uma proteção,
uma auto preservação,
uma necessidade...uma estratégia humana
para preservar o sigilo do pensamento.
Úteis para evitar confrontos tolos.

O grande problema é quando a mentira se torna um hábito,
um vício e quando usa-se a mentira para enganar,
manipular ou prejudicar o outro,
para atender interesses pessoais.

Mas quem engana quem?
A mentira ou a pessoa que a diz?

Em qualquer situação,
a verdade, tanto de quem fala,
quanto de quem ouve,
só é adequada para quem
está preparado para crescer.