24 de mar de 2009

Cultive o seu melhor


Oh vida, Oh céus! Oh, azar!
Isso não vai dar certo...

Era a frase predileta de uma hiena chamada Hardy Ha ha,
personagem de um desenho animado
que reclamava o tempo todo, se lamentando, se massacrando,
achando que só coisa ruim acontecia,
e que não era merecedora de nada de bom.
Mesmo quando ela não estava numa pior,
dizia:
oh, dia! oh, céus oh, azar...isso não vai dar certo!
Ela enxergava só o lado negativo, e não sentia prazer em nada.
Nada fazia para agregar valores e felicidade a sua vida.
Ela era azarada e pronto!

Sabe-se hoje, que a tristeza e a pena de si mesmo
tendem a se cristalizar, afetando não só o humor,
mas também a fisiologia da pessoa.
Sim, porque as doenças geralmente refletem
as condutas inadequadas que adotamos.
A infelicidade enfeia, provoca dor de cabeça,
dor de estômago, detrói a qualidade de vida.

Essas coisas acontecem por que permitimos,
por isso, é essencial
nos concentrarmos sempre no que há de melhor.

Tudo é um ciclo,
quanto mais você cultua o Bem
e expresssa o amor, mais retorno obtém da vida.

Como vamos atrair para nós algo bom se no íntimo estamos pensando no pior?
O que conta sempre é a postura interior.
É o estado que você cria dentro de si.
Por isso é que as situações
desagradáveis ao nosso redor não devem ser cultuadas.

Vamos, portanto, cuidar muito bem de nós mesmos,
afinal somos responsáveis por aquilo que atraímos.
Dá trabalho,
mas nós temos o equipamento perfeito para isso!!