11 de jul de 2011

Crise no relacionamento


A maioria dos relacionamentos entra em crise
devido à má comunicação afetiva.
Não se trata de sexo, mas de afeto.
O que leva uma pessoa a ficar sem assunto
após alguns anos juntos?

Talvez porque cada um ao expor um assunto difícil, polêmico
e doloroso, o faz de modo que fere, agride e irrita o outro.
O parceiro que se sente ferido vai, aos poucos,
se fechando e se escondendo, atrás de um jornal,
programa de TV, do trabalho e até do sexo.
E não fala de coisas essenciais para um bom relacionamento a dois.
Qualquer atitude rígida dificulta a passagem
do carinho e do afeto endurecendo o relacionamento.
A comunicação afetiva é saber conversar sobre sentimentos.
É o diálogo amigo e compreensivo que pode resolver problemas.
O contrário pode levar ao acúmulo de ressentimentos.
Falar de sentimentos não é muito fácil:
significa abrir o coração, mostrar o que está dentro.
Mas é preciso fazê-lo.
O parceiro tem o direito de saber o que se espera dele.
Não dizer o que sente é desonesto, é fingir que aceitamos a
situação, quando não é isso que ocorre.
Precisamos falar sempre.
Falar como se sente, sem atacar o outro e sem depreciá-lo.
Quando você compreende, os motivos pelos quais seu amor
reage dessa ou aquela maneira,
tudo fica mais fácil.