10 de ago de 2011

Para refletir





Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma.
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma.
Eu sei, a vida não para
A vida não para não...



(Lenine)