29 de out de 2010

O Monje e o escorpiao

Agir conforme nossa natureza em um mundo  hoje massificado
por modelos de comportamento, onde todos devem pensar, sentir e  agir
 da mesma forma,
  fere  o nosso verdadeiro " Eu" ....
e o deixamos muitas vezes para segundo plano, apenas para atender
 as expectativas do outro, e muitas vezes  deixamos de fazer
 coisas que realmente acreditamos
porque ninguem nos apoia ou nao acreditam...
Esta lenda mostra como e importante agirmos conforme  a nossa natureza...


"Um monge e os seus discípulos caminhavam por uma estrada e,
 quando passaram por uma ponte, viram um escorpião a ser arrastado
pelas águas e quase a afogar-se.
 O monge correu pela margem do rio, atirou-se à água
 e apanhou-o com a mão.
Quando o trazia para fora da água, o bicho picou-o e, devido a dor,
 o homem deixou-o cair outra vez no rio.
O mestre tentou tirá-lo novamente e novamente o animal o picou.
 Alguém que estava observando, aproximou-se do mestre e disse-lhe:

- Não entende que todas as vezes
 que tentar tirá-lo da água ele irá picá-lo?

O monge respondeu:

- Ele só agiu conforme a sua natureza,
 e eu de acordo com a minha.

Foi então à margem, apanhou um ramo de árvore,
adiantou-se outra vez a correr pela margem, entrou no rio, colheu o escorpião e salvou-o.
O monge voltou e juntou-se aos discípulos na estrada.
 Eles que tinham assistido à cena,
 receberam-no perplexos e penalizados, dizendo:

- Mestre, deve estar a doer muito!
Porque é que foi salvar esse bicho perigoso e venenoso?
Que se afogasse! Seria um a menos!
Veja como ele agradeceu a sua ajuda!
Picou a mão que o salvou!
Não merecia a sua compaixão!

O monge ouviu tranquilamente os comentários e respondeu:

- A natureza do escorpião é picar,
mas isso não vai mudar a minha, que é ajudar."