6 de out de 2008

Chove lá fora...

Chove lá fora...molha o dia...
Tem gente fazendo pão, tem gente no trânsito,
tem gente trabalhando, gente estudando, gente
sorrindo, gente sonhando, gente esperando,
gente namorando, gente vendo TV, gente na internet,

gente escrevendo, gente lendo...
E a chuva continua a cair, fina e lenta...
Adoro a chuva!!
Recebo-a como uma faxina na alma.
Ela nos faz parar, observar, refletir sobre nossos
sentimentos reprimidos, mágoas, culpas,
palavras não ditas, que deveriam ser ditas ou
mágoas que têm que ser libertadas.
Tal como a chuva purifica o céu,
muitas vêzes nos purifica também e pode fazer
com que olhemos para a vida com um novo olhar.
Chuva sempre traz renovação.
De um jeito ou de outro.

Para você é difícil cantar ou dançar
na chuva como Fred Astaire?