3 de mar de 2008

Imprevistos


Você acha que para estar bem consigo, positivo, legal,
é preciso que o seu dia esteja
do jeitinho que
você pensou?
Ou melhor, do jeitinho que você fantasiou?
Como fica o seu dia quando entram pequenos
imprevistos?
Critica o mundo,
as pessoas, a circunstâncias...
e aí, você faz aquele dramalhão!!
Joga o seu positivismo até então,
a kms de distância, e
a ordem do dia é:
“reclamar" até cansar...
Acha que a vida o agrediu
e faz uma leitura que esses pequenos
imprevistos estão justamente
ali para infernizá-lo.
Na verdade, somos vulneráveis com os fatos da vida,
que nos desagradam.
Se a realidade não está como imaginamos, temos raiva...
Não percebemos,
mas ficamos de mal com a vida.
Como melhorar?
Perceber onde você está amarrando o seu burro.
É preciso sentir o que acontece com você em cada momento.
Temos o poder de escolha, sobre como reagiremos aos acontecimentos.
Ver as coisas como são, aceitá-las e
depois dar-se os meios de transformá-las,
é fundamental para se manter num estado positivo.
Precisamos lembrar que somos capazes de superar
e vencer os imprevistos da vida,
e que tudo o que nos acontece tem uma causa
e algo a nos ensinar.
No momento em que damos
o melhor para a gente,
damos o melhor para o mundo
e o mundo dá o melhor para a gente de volta.
Este é o caminho simples e fácil de ser feliz,
manter o otimismo mesmo nas contrariedades,
com a convicção
que tudo vai dar certo e
que tudo está certo,
faz toda a diferença!!

Você acha difícil manter o otimismo
quando as coisas não andam bem?